Por dentro de quase nada, mas querendo mostrar o que há dentro de mim. Meu nome é Fabiana e às vezes escrevo coisas.

05 maio 2007

Vivendo a diferença...


Ultimamente tenho sentido o que é a NECESSIDADE de ser diferente. Quando escolhemos traçar uma caminhada junto ao Pai, tudo fica diferente em nossas vidas. Algumas coisas, até mesmo sem a gente querer, ficam diferentes. Só que o que quero falar é sobre aquelas coisas que PRECISAM ser diferentes e que necessitam de um esforço nosso. Parece viagem? Explicando melhor, então...


Nos últimos tempos tenho estudado muito. Aliás, minha vida agora é estudar, já que decidi investir nessa história de concursos. Mas às vezes minha cabeça e meu coração ficam divididos. Nem parecem ser da mesma pessoa, sabe?! Minha cabeça me diz que eu tenho que me matar de estudar porque fulano ou cicrano só passaram no concurso depois de anularem quase que por completo sua vida social. Meu coração pede o de sempre: para estar na Casa do Senhor, pra me entregar a meus ministérios, pra ajudar o Espaço Vida (projeto social da minha igreja, lindo lindo!!!). Aí fico: "Ai, Senhor, o que faço?". O Senhor tem me falado o de sempre. Estava lá e eu sabia, mas não enxergava: “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).


Assim: já provei de ambas as sensações. Já houve épocas em que eu estudava feito uma louca - lia a Bíblia e ia para a igreja exercer ministérios só por ir mesmo. Minha cabeça estava nos estudos. Acontecia que, depois de algum tempo, eu estava tão fraca que nem me concentrar eu conseguia. O "porque" disso acontecer também estava lá, na Palava: "O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio" (Salmos 18:2). DEUS é a minha força, meu alimento, aquilo que me sustenta! Se eu não estiver buscando conhecê-lo e estar em Sua presença cada vez mais, vou definhando até não conseguir fazer mais nada.


Por outro lado, houve épocas em que eu mal tinha tempo para mim mesmo, de tão entregue que eu estava na obra do Senhor. E o interessante é que, quando isso acontece, tudo flui em minha vida. As notas, os relacionamentos, o humor, as bênçãos, tudo corre bem quando não estou me preocupando em correr atrás deles. Foi assim com a OAB. Não posso dizer que não fiquei apreensiva, mas não me desesperei. Não abandonei minha busca por Deus. E deu certo...


No fundo, a questão não é estudar ou não estudar. Voltando ao começo, o que eu queria falar era sobre a necessidade de ser diferente. Não POSSO mais me desesperar com as coisas deste mundo, com meu sustento, com o dia de amanhã. "Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal" (Mateus 6:34). Se nós, que temos a mente de Cristo (I Coríntios 2:16), nos desesparamos frente as batalhas, qual a diferença entre nós e aqueles que não conhecem a Deus? Eles correm atrás de suas conquistas por suas próprias forças; nós não - sabemos que tudo o que acontece em nossas vidas é dádiva de Deus.


Conclusão: buscar ao Senhor acima de todas as coisas. Isso não significa deixar de fazer a minha parte e esperar que tudo ocorra em forma de milagres. Significa fazer o que está ao meu alcance, sem deixar minha prioridade - Deus - de lado e esperar nEle, pois Ele é fiel para realizar todos os Seus propósitos em minha vida.


Ps.: Desculpem se os pensamentos não estão dispostos de forma muito clara, mas fui pensando e escrevendo. Não quis alterar para não parecer algo muito formal.

3 comentários:

Alessandro disse...

Pra mim tudo ficou muito claro. Estou vivendo exatamente a mesma coisa.

I PEDRO 5 - 9 ...ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os MESMOS SOFRIMENTOS estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo.

Brenno disse...

Oi Fabi! Entra no site da nossa família: http://www.blue-apples.com/bina.

Logo, Logo, vc receberá senha e login para postar e editar matérias. Bjos e to com saudades!

Anônimo disse...

Ops! Desculpa! É blue-apples.com/binas