Por dentro de quase nada, mas querendo mostrar o que há dentro de mim. Meu nome é Fabiana e às vezes escrevo coisas.

15 maio 2007

Grandes pequenas coisas...


"Vendo, pois, José que seu pai punha a sua mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi mau aos seus olhos; e tomou a mão de seu pai, para a transpor de sobre a cabeça de Efraim à cabeça de Manassés. E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça. Mas seu pai recusou, e disse: Eu o sei, meu filho, eu o sei; também ele será um povo, e também ele será grande; contudo o seu irmão menor será maior que ele, e a sua descendência será uma multidão de nações. Assim os abençoou naquele dia, dizendo: Em ti abençoará Israel, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs a Efraim diante de Manassés." (Gênesis 48:17-20)


Estava lendo esse trecho depois que fizemos um estudo bíblico sobre a vida de José. Grande exemplo. Mas foi exatamente aí que meus olhos pararam - na bênção de Jacó (ou Israel) sobre os filhos de José. José se aborreceu porque seu pai insistia em colocar sua mão direita sobre a cabeça de seu filho mais novo - Efraim -, quando a bênção da primogenitura deveria ser dada a Manassés.


Aos olhos humanos estava mesmo errado. Como poderia Jacó negar a bênção a quem a tinha por direito, geração após geração? Mas não foi um erro, ou teimosia, ou "caduquice" de Jacó. Ele estava ouvindo a voz de Deus e profetizando que Efraim daria origem a um povo maior que Manassés.


Depois pensei: não sei porque me admirei de tal ato divino. Já é um costume de Deus contrariar as regras humanas e nos dar um novo olhar sobre a realidade. O homem vê os números, o status, a quantidade. Deus vê muito além. Desde sempre foi Seu Divino costume usar coisas pequenas para sobrepor as que são grandes aos nossos olhos. "Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes" (1 Co 1.27). Foi assim com o próprio José. Foi assim com Davi. Ou com a escrava de Naamã. Foi assim com JESUS!


Por que temos sempre que deter nosso olhar nas coisas grandes deste mundo? Por que não fazer como o Pai - olhar as coisas pequenas e ver nelas um grande potencial? Foi pensando assim que olhei para mim mesma. Quantas vezes deixei de fazer ou mesmo de querer coisas por pensar que sou muito pequena? Quantas vezes não desisti antes mesmo de tentar por pensar que não iria conseguir, ou mesmo insconscientemente passou por minha mente que Deus não poderia fazer uma grande obra?
"Porque para Deus nada é impossível" (Lucas 1:37).

Mais uma lição na vida de Fabiana: aprender a olhar as coisas pequenas com os olhos do Senhor. Isso inclui olhar a mim mesma. Ou o mendigo na rua. Ou alguém desacreditado de si mesmo. Os pequenos valem muito para Deus. Viva meu 1,60m!!! =o)

6 comentários:

Alessandro disse...

O interessante da nossa vida com Deus é que Ele sempre nos surpreende com coisas contrárias a tudo aquilo que pensamos. E que nunca conseguimos colocar Deus num formato em que pensamos. O engraçado é que nunca aprendemos que Ele não tem um formato padrão e constantemente somos surpreendidos e ensinados por Ele. E particularmente acho tudo isso muito "show". Que Deus continue abençoando a sua vida Fabi. Abraço.

Jamile Fernandes disse...

O nascimento da Luaninha é prova disso...ela é tão pequenininha e Deus ensinou tanto a gente com todo esse zelo que teve por ela...é uma princesa, Fabi...já xeirei tanto!!!

Gurgel disse...

Deus somente é grande porque estimula nós, humanos, a observá-lo nas pequenezas. É no minúsculo que desabrocha a imensidão da essência de Deus.

Gostei muito do texto Fabiana!

Elydiane Alcântara disse...

Fabi adorei a mensagem ela fala muito a minha vida também...que Deus continue te abençoando mais e mais....Beijo

Ferreira Junior disse...

É muito interessante fazer essa reflexão da percepção da grandeza nas pequenas coisas! Penso q: será que eu reconheceria a grandeza imensurável de Deus na 'pequenez' da pessoa de Jesus?! E ainda faço uma pergunta mais reflexiva e profunda: será que minha pequena vida pode revelar a imensurável grandeza de Deus?! [é o nosso desafio!!!!!]
Fabi, q Deus continue te iluminando cada vez mais: "Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito" (Pv 4: 18)

walciley vieira disse...

Olá maninha... Obrigado pela visita e por ter me favoritado... Deus seja louvado pela sua vida, e que seus dias seja dias de graças e glória, pois vida de adoradores é de glória em glória mesmo... tenha uma otima semana. Ósculos santos a ti.