Por dentro de quase nada, mas querendo mostrar o que há dentro de mim. Meu nome é Fabiana e às vezes escrevo coisas.

07 fevereiro 2008

Por tudo que Tu és...


Ouvindo o louvor "Magnificai o seu santo nome...” parei para prestar atenção na frase "por tudo que tu és". Penso que, ao mesmo tempo em que há muito que falar DELE, há a impossível tarefa de dizer “tudo que Ele é”, mesmo assim, me arrisco a dizer um pouco do que Ele tem sido para mim, para minha família, para meus amigos, mesmo sabendo que jamais conseguiria dizer “tudo”.

As principais características deste Deus-Supremo seriam:
A Onipotência: poder absoluto sobre todas as coisas;
A Onipresença: poder de estar presente em todo lugar; e,
A Onisciência: poder de saber tudo.

Vasculhando um pouco mais sobre as características de Deus que posso ver concretizadas ao longo de uma convivência com Ele, me deparo com uma que me dá segurança: Ele é JUSTO, pois dá alegria para os retos de coração, mas consome os inimigos no fogo de sua justiça. (Salmos 96).
Ele também é SANTO, um dos motivos para ter temor a um ser tão superior que os homens devem se prostrar ante os pés dele (Salmos 99:5). Mesmo assim, Ele responde aos que o adoram. Através de exemplos históricos, Moisés, Arão e Samuel. Sabemos do seu perdão para que houvesse comunhão com o Deus santo. (Salmos 99:8).
Deus é FIEL, certo professor de Filosofia que tive disse que, ao ver nos carros a frase: DEUS É FIEL, vinha a imagem de uma pessoa carregando Deus em uma coleira como a um cachorro, conhecido pela sua fidelidade ao homem. Em 2 Tm 2:13, diz que se formos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a Si mesmo. Que alívio!!! As bênçãos do Senhor são incondicionais, se fosse ao contrário, o que seria de nós? Pensar que a benção é condicional seria soberba. Ninguém, por mais que faça, merece que Deus escute e nos atenda. Agora, da mesma forma que permanece fiel a nós, permanece fiel à sua Palavra.
Deus é também ETERNO, tudo pode passar, menos Ele (Salmos 102:12), é PASTOR, no Salmo 100, o salmista nos convida para entrar no Templo com cânticos e ações de graças, porque Ele cuida de nós.
Davi chama a sua própria alma para bendizer ao Senhor por Ele ser MISERICORDIOSO em Salmos 103. O louvor não deve ser somente da boca para fora, mas feito com toda a força de “tudo o que há em mim” (1). Davi não queria esquecer de nenhuma de suas bênçãos: perdoa iniqüidades, sara enfermidades, redime a vida, mostra graça e misericórdia, abençoa o homem na sua velhice.
Ele não nos trata segundo os nossos pecados (Salmos 103:10), aí está motivo de sobra para toda alegria e esperança que possa existir nessa vida, pois característica mais linda que a GRAÇA do nosso Deus não pode existir. Nela está toda a grandeza do perdão que Ele nos oferece!
O caráter de Deus revelado a nós através da Bíblia, é como Sua "semente", (1 Pe1:23) porque ela reage com a nossa mente e uma nova criatura se forma dentro de nós, a qual tem as características de Deus (Tiago 1:18; 2 Co. 5:17). Portanto é propósito de Deus revelar o seu caráter e a essência do Seu para seus filhos, para que, pela obediência à sua Palavra, possamos desenvolver algumas dessas características em nós.

Por minha querida Milinha (Jamile Fernandes)

Um comentário:

Lívia disse...

Maravilhoso texto Jamile!!
Deus é tudo é nossas vidas, só ele tem o controle e nos guia.

Agradeço a Ele por ter pessoas maravilhosas como você e a Fabizinha em minha vida =)